Portal de Eventos do IFSP Tupã, 1º Congresso sobre Ambiente, Tecnologia e Educação

Tamanho da fonte: 
Estudo de uma liga de nióbio para uso biomédico
José Roberto Severino Martins Junior, Marco Vinícios Sanches

Última alteração: 2018-09-17

Resumo


Atualmente as ligas mais promissoras para uso biomédico são aquelas com nióbio, molibdênio, tântalo e zircônio como elementos de liga adicionados ao titânio. Assim, ligas compostas de nióbio, titânio e molibdênio integram uma nova classe de ligas sem a presença de alumínio e vanádio (que causam citotoxicidade) e que têm valores baixos de módulo de elasticidade (abaixo de 100 GPa).

A liga deste trabalho possuem a seguinte composição estudar a liga Nb-47%p.Ti-3%p.Mo. Foi produzida num forno de fusão à arco voltaico com  atmosfera inerte de gás argônio. Foi realizado ensaios de densidade com intuito verificar a composição química da liga. Além disso, foi possível comparar o valor da densidade com as ligas já existente comercialmente. O valor de densidade para liga foi de 6,7 g/cm3.