Portal de Eventos do IFSP Tupã, 1º Congresso sobre Ambiente, Tecnologia e Educação

Tamanho da fonte: 
Por um ensino no conviver humano ético: da aceitação à construção da responsabilidade social e ambiental espontânea
Beatrice Jazotte Pires de Vasconcelos, Valéria Trigueiro Santos Adinolfi

Última alteração: 2018-12-19

Resumo


Este trabalho busca integrar uma proposta de Reflexão-Ação Ética ao contexto da educação infantil como forma de desenvolvimento da responsabilização espontânea das crianças (autonomia) por seus fazeres - especialmente em relação ao meio ambiente.  Como referencial, são usadas as ideias essenciais da Biologia do Conhecer e do Amar de Humberto Maturana e da educação ambiental buscando ao final a compreensão e indicação de caminhos possíveis de reflexão-ação com crianças em idade pré-escolar. “Sempre fazemos a cada instante o que sentimos, é o fazer que conserva nosso bem-estar neste instante.” Maturana et all., 2009, p.72. Considerando a reflexão-ação ética, os princípios e aceitação da ética ambiental e suas relações com o exercício da cidadania, o artigo busca refletir sobre possíveis ações que, de forma simples, podem ser desenvolvidas por educadores infantis ajudando-os a desenvolver para si e para os educandos, de forma reflexiva, autoconsciência, a consciência sistêmica, a observação sistemática do conjunto antroposfera-biosfera, a reflexão e sistematização sobre as ações e, sobretudo o respeito a tudo que vive.

 


Texto completo: PDF